PESQUISA DE PRODUTO

Sensores de oxigénio/lambda
Combustão precisa

SlashesControle da poluição sem falhas

A fim de garantir a redução de emissões nocivas produzidas pelo motor de combustão interno, a sonda lambda ou de oxigénio assumiu um papel importante na tecnologia. Enquanto fornecedor líder de sensores de oxigénio para fabricantes de equipamento de origem e para o mercado de pós-venda, a NGK SPARK PLUG melhora continuamente os seus sensores de oxigénio para tornar os motores mais limpos e eficientes.

Instale, clique e arranque: 986 referências de peças de equipamento de origem ao mercado de pós-venda

81% de cobertura dos veículos a gasolina em operação na Europa (fonte: TecDoc)

O conjunto mais completo de sensores de regulação e diagnóstico do mercado

6 referências de peças universais que abrangem 58 milhões de automóveis

Uma parceria ideal para garantir ar limpo

  • Mantém uma relação de ar/combustível perfeita
  • Garante condições de funcionamento ideais para o catalisador
  • Reduz emissões nocivas
  • Reduz ao mínimo o consumo do veículo

SlashesTecnologias de sondas lambda

Com as sondas  lambda NTK lançados nos anos 80 do século XX, a NGK SPARK PLUG esteve entre os pioneiros da área. Desde então, a redução de emissões nocivas foi alvo de um progresso significativo, também graças ao desenvolvimento de tecnologias inovadoras e de investigação aprofundada.

Hoje em dia, os aquecedores cerâmicos altamente eficazes nos sensores lambda garantem, por exemplo, que os sensores iniciam a medição mais cedo e dão resposta mais rapidamente. Para obter medições mais exatas e cumprir as normas europeias cada vez mais restritas, verifica-se um enorme esforço no sentido de efetuar uma melhoria contínua dos componentes de cerâmica. Além do mais, foram desenvolvidos inúmeros tipos de sensores que permitem dar resposta a necessidades específicas. Entre estes, incluem-se sensores de banda larga e sensores lambda cuja resistência elétrica muda consoante a relação de ar/combustível.

SlashesRequisitos das sondas lambda

Uma vez que a conversão adequada de gases indesejados só pode ocorrer com uma determinada relação de ar/combustível, um sensor de oxigénio tem a missão de medir com precisão a relação existente nos gases de escape e de informar a unidade de comando eletrónico (ECU) do veículo, para que esta possa ajustar a relação de ar/combustível. Todo este processo não só ajuda eficazmente a reduzir as emissões nocivas, como também otimiza o consumo de combustível e garante uma vida útil prolongada do catalisador. Normalmente, os automóveis modernos estão equipados com um mínimo de dois sensores lambda, um dianteiro ou de regulação instalado a montante do catalisador e um traseiro, ou sensor de diagnóstico, montado a jusante do catalisador.

SlashesTipos de sensores de oxigénio

Sensor lambda de dióxido de zircónio
Sensor lambda de dióxido de titânio
Sensor lambda de banda larga/linear