spanner PESQUISA DE PRODUTO
chevron-down

POR QUE OS MOTORES DIESEL DESEMPENHAM UM PAPEL IMPORTANTE, AGORA E NO FUTURO. AINDA: POR QUE PRECISAM DE ATENÇÃO ESPECIAL TODO O ANO.

Um "cavalo de batalha" super eficiente e um automóvel de frota ideal com emissões cada vez menores: estas são apenas algumas das vantagens dos motores diesel. O especialista em ignição líder mundial NGK SPARK PLUG explica por que os motores diesel continuam sendo um valioso trem motriz para o futuro e oferece conselhos sobre como mantê-los funcionando sem problemas.

Os automóveis diesel modernos continuam a ser, justificadamente, populares em todo o mundo. Eles funcionam silenciosamente, são econômicos e emitem baixas emissões. A sua potência e eficiência de combustível também tornam-se  uma opção ideal para frotas de veículos comerciais. Por conseguinte, os motores diesel continuam a ser uma importante oportunidade de pós-venda e uma área de investimento tecnológico para o fornecedor número um de aquecedores do mundo.

A função dos calentadores ao longo do ano,

  • Aquecimento intermédio: os aquecedores ajudam a manter limpa a válvula de recirculação de gases de escape (EGR). Quando a temperatura dos gases de escape desce, por exemplo. quando se conduz para baixo, os aquecedores ajudam a reduzir a acumulação de carvão. Ao produzir um "aquecimento intermédio", os aquecedores evitam que a temperatura dos gases de escape caia abaixo do nível crítico.
  • Aquecimento de regeneração: os aquecedores são fundamentais para manter limpo o filtro de partículas diesel (DPF). Para evitar o acúmulo de fuligem, os aquecedores produzem o chamado "aquecimento de regeneração", que atinge uma temperatura de mais de 1000 ° C para queimar o carvão preso no DPF.
  • Pós-aquecimento: os aquecedores atuais também contribuem para emissões de gases de escape mais limpas. Ao gerar um "aquecimento posterior" durante vários minutos após o arranque, o diesel é completamente queimado durante a fase de aquecimento do motor

Vantagems  de conduzir diésel

Os veículos diesel oferecem uma variedade de vantagens aos motoristas e proprietários de frotas. Em termos de economia de combustível a longa distância, por exemplo, nenhum motor de combustão se aproxima. Em média, os veículos diesel oferecem entre 20 e 30% mais poupança de combustível do que os seus equivalentes de gasolina. Isso significa que, embora inicialmente são mais caros de comprar, usar diesel economiza dinheiro a longo prazo.

 

 

 

 

 

Além disso, os motores diesel têm mais "potência de tração" do que os motores a gasolina. Kai Wilschrei, gerente sênior de serviços técnicos pós-venda EMEA na NGK SPARK PLUG EUROPE explica: “Os motores diesel produzem níveis mais elevados de torque a rotação (RPM) mais baixos, em comparação com um motor a gasolina. Quanto mais torque motor, ou força de rotação, produz a cambota de um motor, maior a sua eficiência de trabalho. O binário e a economia de combustível também beneficiam os maiores motores diesel, como caminhões, ônibus e veículos todo-o-terreno, que necessitam maiores níveis de potência de tração. "

 

“Os veículos pesados que funcionam com diesel podem arrastrar os de gasolina", continua. " É um tipo de motor que certamente ganha sua reputação de “cavalo de batalha ".

 

Menos emisiones de CO2

 

Também em relação às emissões de dióxido de carbono, o diesel é uma opção muito melhor que a gasolina, que geralmente produz 20% menos de CO2. "Se o objetivo é reduzir o CO2, os motores diesel ainda desempenham um papel importante na consecução destes objetivos" aconselha Wilschrei,. As emissões de NOx dos motores também são mais baixas do que nunca. " Muitos veículos diesel construídos nos últimos anos estão equipados com tecnologia de redução catalítica seletiva (SCR)", diz. " Isto injecta pequenas quantidades de AdBlue, uma solução líquida de ureia, nos gases de escape diesel, transformando 85% do NOx presente em vapor de água e azoto inofensivos.

 

De facto, estudos independentes realizados pela associação alemã de automóveis ADAC sobre os últimos modelos diesel 6c e 6d TEMP de fabricantes de automóveis como Mercedes-Benz, Opel e BMW revelaram que a maioria dos automóveis testados tinham emissões de NOx que estavam significativamente abaixo de 168 mg / km atualmente permitido pelas normas Euro 6d-TEMP. Alguns das viaturas  testadas emitiram menos NOx do que os seus equivalentes a gasolina.

De acordo com o ADAC, descobriu-se mesmo que o Mercedes Classe C C220d emitia uma quantidade apenas mensurável de menos de 1 mg de NOx durante os testes  na  estrada.

 

As três melhores dicas de manutenção de aquecedores para funcionanento  confiável durante todo o ano

  • Procure  falhas: Verifique regularmente se os aquecedores estão funcionando corretamente. O uso de uma ferramenta de digitalização para ler códigos de anomalia pode ajudar, mas tenha em mente que os sistemas mais antigos não são monitorados. Recomenda-se, portanto, a medição do funcionamento do aquecedor. (Verificar a temperatura, a resistência interna do aquecedor ou o consumo de corrente).
  • Teste com pinças: use pinças amperimétricas para verificar o fluxo de corrente. Verifique cada aquecedor individualmente. Com os sistemas mais novos, é obrigatório ativar o sistema de aquecimento com um equipamento de diagnóstico. Basta colocar o contato nem sempre ativar os aquecedores.
  •  Extração e instalação cuidadosas: para garantir uma extração sem problemas, aplique óleo sobre os aquecedores e, se possível, use o automóvel  normalmente durante alguns dias. A dilatação e contração da culatra e o calefator, permitirá que o óleo penetre ao longo do aquecedor, facilitando sua posterior extração. Isto evita a ruptura por cisalhamento dos aquecedores. Utilize uma chave dinamométrica que possa medir o binário de desaperto e assegure-se de que o binário máximo de ruptura não é excedido para evitar o cisalhamento.

(Valores em Tekniwiki) Com o motor à temperatura de funcionamento, tente afrouxar o aquecedor velho com cuidado e remova qualquer sujeira com ar comprimido; se ao afrouxar salta o “click” da dinamométrica, é um claro aviso de que esse aquecedor, poderia romper-se. (É hora de informar ao seu cliente que a reparação pode ser mais cara). Se afrouxou, desenrosquele. Remova os depósitos de carvão do orifício do aquecedor com um escareador. Para instalar o novo aquecedor, enrosque-o à mão, depois ajuste a chave dinamométrica ao binário de aperto correto especificado na caixa dos aquecedores NGK. Conecte o terminal do cabo de alimentação e, se necessário, aperte a porca (M4) com o máximo cuidado para não partir a rosca, basta prender o cabo.

 

 

Para   mais  dicas  www.tekniwiki.com

A função  principal  dos aquecedores

Ao contrário dos motores a gasolina que necessitam de velas  para funcionar, os motores diesel funcionam automaticamente. O ar é admitido pelos cilindros do motor e compactado enormemente, alcançando rapidamente temperaturas de até 900 °C. Quando se injeta combustível, inflama-se espontaneamente. No entanto, em condições de frio, o calor escapa pelas paredes do cilindro, evitando a ignição. O calor adicional requerido é fornecido pelos aquecedores.

"Atuam como um aquecedor de imersão", confirma o especialista. " O pré-aquecimento "gera o aumento de temperatura que todos os motores diesel necessitam para funcionar em climas frios".

 

Oportunidades de pos-venda

 A linha de produtos de qualidade OE da companhia está projetada para oferecer oportunidades de vendas excepcionais para o mercado de sobressalentes. “Oferecemos todas as tecnologias chave de aquecedores e cobrimos 4.000 aplicações, o que equivale a 86% dos veículos na Europa. Isso significa que quase sempre há um aquecedor NGK desenhado  especificamente para otimizar a viatura  de cada cliente ", diz Thorsten Schmeing, Gerente de Produto Aftermarket EMEA. “Em NGK SPARK PLUG acreditamos no potencial contínuo do diesel e no papel cada vez mais importante desempenhado pelos aquecedores na redução de emissões. Estamos empenhados em investir em I&D para melhorar ainda mais o nosso portfólio. Os aquecedores são e serão uma importante oportunidade de venda

 

Sobre NGK SPARK PLUG:

 Em todo o mundo: NGK Spark Plug é um dos fornecedores principais de cerâmica técnica para o sector automóvel, com sede em Nagoya, no Japão e sucursais  de produção por tudo o mundo.Na  automoção a empresa é  especializada nas áreas de ignição e sensores, fornecendo equipamentos originais e aftermarket  aos clientes em todo o mundo . O seu portfólio de produtos para o mercado dos sobressalentes é composto por velas de ignição, velas de incandescência , bobinas de ignição e cabos de ignição sob a marca NGK Ignition Parts, enquanto sondas lambda e sensores de temperatura,  e sensores  NOx, Medidores de fluxo  de ar sensores  ((MAF) e sensores de pressão do coletor de admissão(MAP)  operam  sob a marca NTK  Vehicle Electronics.  Com mais de 16.00 empregados , as atividades da empresa é cerâmica técnica para a divisão automotiva gerando um total de aoredor  de 3,5 bilhões de euros em todo o mundo.

As vendas de  NGK SPARK PLUG em EMEA (inclui  as suas filiais da UE, o Reino Unido, Francia e Eurasia)  respondem por 26,1% deste volume de negócios global. NGK SPARK PLUG está presente em todos os continentes e tem 41 empresas do grupo, 24 fábricas de produção e 4 centros técnicos.

 Aftermarket EMEA: NGK Spark Plug sofreu um significativo  crescimento no mercado do Aftermarket desde que ampliou o seu âmbito de ação para além do mercado de componentes da motocicleta, entrando totalmente na indústria automotiva na década dos 70´s. Com um claro compromisso de qualidade, tecnologia, pesquisa e desenvolvimento, a empresa tornou-se número um globalmente em velas de ignição e sensores de oxigênio, levando também o fornecimento de velas iandescência , bobinas de ignição e cabos de ignição , além de oferecer  a mais recente tecnologia em sensores. Do ponto de vista organizacional, a sede regional da NGK Spark Plug em Ratingen, Alemanha, serve para o mercado do Aftermarket  da Europa, Oriente Médio e África.  Na região  EMEA, a empresa possui dez sucursais  e mais de 1.000 empregados, além de duas fábricas de produção na França e na África do Sul e um centro técnico na Alemanha.

Slashes Comunicados de imprensa